O modelo de ar-condicionado de duas zonas, ou mais, é uma tecnologia que vem se espalhando. Antes, mais vistas em carros de valores mais altos e linha premium, já podem ser encontrados em veículos na faixa dos R$ 90 mil. Mas, a pergunta que não quer calar é: como esta ferramenta afeta o consumo de combustível? O sistema bizona ou dual zone, como também é conhecido, permite que o motorista e o passageiro escolham temperaturas diferentes e uma não interfere na outra, aumentando o bem-estar de todos que estão no veículo.

Porém, a parte mecânica do sistema, pode variar de acordo com o modelo e montadora.

Como funciona o sistema de duas zonas de ar-condicionado? A tecnologia mais moderna e sofisticada permite que o carro possua dois sistemas completos de ar-condicionado, com dois compressores diferentes. Já os modelos mais simples, têm apenas um sistema que se divide, ou seja, uma única caixa de ventilação bipartida.

Dualzone aumenta o gasto de combustível? Na prática, o sistema gasta da mesma forma que o modelo convencional.

Porém, há compressores que funcionam de forma mais eficiente, com deslocamento variável. Este sistema mais moderno, reduz o consumo, pois controla a temperatura ao controlar a vazão de fluido refrigerante ao invés de ficar ligando e desligando.

No caso dos sistemas mais modernos de duas zonas, o consumo pode acontecer caso desligue um dos conjuntos, trabalhando de forma otimizada, fornecendo calor apenas em um dos lados.

A manutenção muda? Sabemos que a manutenção preventiva do veículo é uma das formas principais de garantir o bom funcionamento do carro e evitar surpresas desagradáveis.

Mas, com o sistema de ar-condicionado dual zone, a manutenção muda? É preciso estar atento, já que muitos componentes são importados e não estão prontos para serem utilizados em um país quente como o Brasil, onde dirigir com ar-condicionado é uma necessidade diária.

É por isso que reforçamos sempre: ao menor sinal de mudança no funcionamento do carro ou alguma modificação no andamento dos componentes, procure uma Del Rosso mais próxima e faça a revisão preventiva. Posso fazer uma instalação à parte? Não é recomendado a instalação do dual zone fora da fábrica.

Isso porque é necessário uma série de adaptações e alterações no painel do veículo, além de trocar a parte elétrica e modificar o duto de ar.

Existem alguns sistemas que possuem, inclusive, três ou quatro zonas. Além da revisão preventiva e manutenção constante do veículo, outros serviços são necessários para manter o bom funcionamento do carro. Na dúvida, vá até a O modelo de ar-condicionado de duas zonas, ou mais, é uma tecnologia que vem se espalhando. Antes, mais vistas em carros de valores mais altos e linha premium, já podem ser encontrados em veículos na faixa dos R$ 90 mil. Mas, a pergunta que não quer calar é: como esta ferramenta afeta o consumo de combustível? O sistema bizona ou dual zone, como também é conhecido, permite que o motorista e o passageiro escolham temperaturas diferentes e uma não interfere na outra, aumentando o bem-estar de todos que estão no veículo. Porém, a parte mecânica do sistema, pode variar de acordo com o modelo e montadora. Como funciona o sistema de duas zonas de ar-condicionado? A tecnologia mais moderna e sofisticada permite que o carro possua dois sistemas completos de ar-condicionado, com dois compressores diferentes. Já os modelos mais simples, têm apenas um sistema que se divide, ou seja, uma única caixa de ventilação bipartida. Dualzone aumenta o gasto de combustível? Na prática, o sistema gasta da mesma forma que o modelo convencional. Porém, há compressores que funcionam de forma mais eficiente, com deslocamento variável. Este sistema mais moderno, reduz o consumo, pois controla a temperatura ao controlar a vazão de fluido refrigerante ao invés de ficar ligando e desligando. No caso dos sistemas mais modernos de duas zonas, o consumo pode acontecer caso desligue um dos conjuntos, trabalhando de forma otimizada, fornecendo calor apenas em um dos lados. A manutenção muda? Sabemos que a manutenção preventiva do veículo é uma das formas principais de garantir o bom funcionamento do carro e evitar surpresas desagradáveis. Mas, com o sistema de ar-condicionado dual zone, a manutenção muda? É preciso estar atento, já que muitos componentes são importados e não estão prontos para serem utilizados em um país quente como o Brasil, onde dirigir com ar-condicionado é uma necessidade diária. É por isso que reforçamos sempre: ao menor sinal de mudança no funcionamento do carro ou alguma modificação no andamento dos componentes, procure uma Del Rosso mais próxima e faça a revisão preventiva. Posso fazer uma instalação à parte? Não é recomendado a instalação do dual zone fora da fábrica. Isso porque é necessário uma série de adaptações e alterações no painel do veículo, além de trocar a parte elétrica e modificar o duto de ar.

Existem alguns sistemas que possuem, inclusive, três ou quatro zonas.

Além da revisão preventiva e manutenção constante do veículo, outros serviços são necessários para manter o bom funcionamento do carro. Na dúvida, vá até a Del Rosso sua Loja de Pneus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *